Como trocar um carro alugado para outro revendedor

Answers

08/03/2020
Wilma

Você é o proprietário absoluto do veículo, mas é co-proprietário do veículo e expulso da propriedade (ou título) verdadeira por um detentor de penhor - a empresa financiadora.

Dois erros comuns que os arrendatários tendem a cometer quando o contrato termina - comprando o carro ou trocando o carro. Se você receber um contrato de aluguel com preço agressivo como o meu, nunca deve trocá-lo; no entanto, pode ser "OK" compre dependendo do seu preço de compra. Normalmente, o veículo exigirá uma quantidade exponencialmente grande de manutenção após a marca de três anos (consulte qualquer manual do proprietário no calendário de manutenção necessário para obter provas), portanto, não é prudente possuí-lo - especialmente se você não pagou nada do bolso na frente .

A negociação no carro está basicamente diminuindo o patrimônio restante no veículo durante a troca. Muitas pessoas não percebem que um carro alugado pode realmente ter patrimônio incorporado se o preço do aluguel for suficientemente bom. Sim - você pode realmente ganhar dinheiro com um veículo alugado. Aprendi isso em um blog que encontrei online. Inicialmente, não fazia sentido, então comprei meu carro a um preço razoável e percebi que realmente podia ganhar dinheiro com a venda antes mesmo do término do contrato. Uma grande ressalva aqui - você precisa ter um contrato com preço agressivo para que isso faça sentido; no entanto, às vezes, se você pesquisar no mercado secundário, pode fazer sentido antes do término do contrato. NÃO HÁ LIMITE EM QUANDO PODE PAGAR SEU ARRENDAMENTO INTEIRO. A maioria das empresas de financiamento não possui multas de pré-pagamento, o que significa que você pode solicitar o pagamento final a qualquer momento. Isso significa que você pode vender seu veículo a qualquer momento ao longo da vida do contrato e pagá-lo através da empresa de financiamento.

O primeiro passo seria perguntar sobre a compra no veículo. Então você compara esse preço de compra com o preço no mercado privado. Se isso fizer sentido, liste o veículo - se você pode ganhar dinheiro ou até quebrar, definitivamente vale a pena. Vendê-lo no mercado secundário pode realmente resultar em lucro para alguns veículos, em vez de apenas trocá-lo e não receber nada em troca, mas você deve ser cauteloso e direcionar um veículo que mantenha seu valor bem ao longo do tempo.

Vender um veículo para uma festa particular requer um pouco de trabalho. Há outra opção - vendê-lo de volta ao revendedor e pedir que ele compre o contrato de locação + reduza você um cheque se você concordar em fazer outro contrato (novamente, com 0 dinheiro na assinatura) ou até mesmo quebrar, se puder negociar bem o suficiente.

E uma nota rápida - qualquer revendedor leva qualquer carro. Muitas vezes, você entra em lotes de carros e vê uma grande variedade de veículos usados ​​em seus lotes. Isso ocorre por causa de trocas e aquisições. Um revendedor NUNCA perderá uma venda apenas por causa de um pequeno detalhe, como comprar seu contrato com prejuízo - especialmente se ele estiver tentando atingir suas metas de vendas.

Mikael
Zero. Não há salário para os comerciantes de dia. Eles comem o que matam.Se você está perguntando o que o comerciante médio em dia ganha, isso é aproximadamente negativo de 50% das comissões cobradas. Eles acabam perdendo dinheiro. O ditado é que 90-95% dos comerciantes do dia falham. O comerciante médio do dia falha, a morte por mil cortes de comissões.Tudo bem, tudo bem, então o que o comerciant...

Deixe um comentário para